flip
Edições anteriores
Silviano Santiago
Exercendo o duplo ofício de crítico e escritor, Silviano Santiago (Formiga, Minas Gerais, 1936) contribuiu com seus livros para alguns dos mais importantes debates da cultura brasileira. Em ensaios como O entrelugar do discurso latino-americano (1971) ou o mais recente Uma literatura anfíbia (2002), Santiago pôs em questão os termos usuais da discussão sobre as relações entre escrita, nacionalidade e política em nosso país. Essa intervenção se estende a obras de ficção como Em liberdade (1981), pela qual ganhou o Prêmio Jabuti, ou Heranças (2008). Seus trabalhos de crítica literária participaram da renovação da compreensão da obra de Machado de Assis e de autores da geração modernista, em particular Carlos Drummond de Andrade. É colunista de O Estado de S. Paulo e professor emérito da UFF.
English

  Realização
  Associação Casa Azul