flip
Edições anteriores
11h Mesa 16 Graciliano Ramos: políticas da escrita
Wander Melo Miranda
Lourival Holanda
Erwin Torralbo Gimenez

Mediação José Luiz Passos

O ímpeto crítico que caracteriza a obra de Graciliano Ramos não se exprimiu apenas no universo temático de seus livros, mas também na própria forma da escrita. De Caetés a Memórias do cárcere, a obra de Graciliano desenvolve uma das mais sofisticadas reflexões sobre as implicações políticas da escrita já desenvolvidas na literatura brasileira. Os críticos Wander Miranda, Lourival de Holanda e Erwin Torralbo Gimenez exploram as diferentes figuras, episódios e marcas de estilo de que Graciliano se utiliza em seus livros para pensar as relações entre linguagem, escrita e crítica social.
Tenda dos Autores

Apoio

SESC

13h Mesa 17 Tragédias no microscópio
Daniel Galera
Jérôme Ferrari

Mediação Noemi Jaffe

Dois jovens e premiados escritores, o brasileiro Daniel Galera e o francês Jérôme Ferrari conversam nesta mesa sobre seus livros mais recentes, Barba ensopada de sangue e O sermão sobre a queda de Roma. Com registros e cenários distintos, ambos os livros se aproximam, no entanto, numa inesperada atualização de temas ligados à tragédia clássica, como o conflito entre ação humana e predestinação. Combinando memórias de família com enredos passados em pequenas destinações turísticas, Galera e Ferrari se voltam sobre cenários idílicos apenas para revelar conflitos latentes sob sua aparente harmonia.
Tenda dos Autores

15h Mesa 18 Literatura e revolução
Milton Hatoum
Vladimir Safatle
Mamede Mustafa Jarouche

Mediação Arthur Dapieve

Os protestos e revoluções que se sucederam nos últimos anos nos países árabes revelaram de maneira dramática não apenas um desejo urgente de mudança, mas uma conexão inesperada entre ação política e criação literária. No canto dos manifestantes em diferentes países do Norte da África e do Oriente Médio, versos de poetas tradicionais e contemporâneos davam expressão à oposição coletiva aos regimes autoritários. O palestino Tamim Al-Barghouti e o brasileiro Mamede Mustafa Jarouche discutem as relações entre arte e política na história e no presente do mundo árabe.
Tenda dos Autores

17h Mesa 19 A arte do ensaio
Geoff Dyer
John Jeremiah Sullivan

Mediação Paulo Roberto Pires

Entre a criação literária e a reflexão teórica, a escrita ensaística reivindica para si um espaço próprio, que não cabe em demarcações bem definidas. Essa combinação peculiar entre forma e pensamento fez com que o ensaio fosse objeto de reflexão de alguns dos mais importantes pensadores do século XX, do alemão Theodor W. Adorno ao francês Roland Barthes. Nesta mesa, o inglês Geoff Dyer e o americano John Jeremiah Sullivan, dois dos mais importantes ensaístas contemporâneos, conversam sobre seu ofício.
Tenda dos Autores

18h45 Mesa 20 Livro de cabeceira

Mediação Liz Calder

Convidados da Flip leem e comentam trechos de seus autores favoritos.
Tenda dos Autores

English

  Realização
  Associação Casa Azul