flip
Edições anteriores
10h Mesa 15
Pensamento canibal

Eduardo Sterzi
Joao Cezar de Castro Rocha

mediação
Manuel da Costa Pinto

“Só a antropofagia nos une”, afirma o Manifesto antropófago. O que Oswald de Andrade quis dizer? Que nossa “identidade nacional” consiste em devorar influências externas? Ou que a antropofagia constitui a dinâmica moderna de canibalizações da tradição? A antropofagia define o Brasil ou uma sensibilidade mais geral? São essas algumas questões abordadas por dois estudiosos da obra do autor homenageado da Flip.

Apoio

editora globo
11h45 Mesa 16
Tour dos trópicos

David Byrne
Eduardo Vasconcellos

Mediação
Alexandre Agabiti Fernandez

O artista britânico fala de sua obra (desde o período em que liderou a banda Talking Heads até seus livros e trabalhos com cinema e artes plásticas) e do diálogo com a Tropicália. Ao lado do especialista em transporte urbano Eduardo A. Vasconcellos, Byrne discute ainda seus projetos sobre urbanismo sustentável a partir das experiências de viagem relatadas em Diários de bicicleta.
14h30 Mesa 17
Em nome do pai

Laura Restrepo
Héctor Abad

mediação
Ángel Gurría-Quintana

Um dos temas recorrentes na literatura latino-americana são as cicatrizes dos regimes ditatoriais. No caso da Colômbia, a chaga se reabre no contexto atual da guerra ao narcotráfico e da eclosão de forças paramilitares. Dois dos maiores escritores colombianos falam dos romances em que descrevem o permanente estado de exceção de seu país, com impactos sobre suas vidas pessoais e conexões com outras regiões do continente.

esta mesa não será transmitida ao vivo para a Tenda do telão, devido à preparação desta tenda para o evento seguinte.
16h Mesa 18
Macumba Antropófaga com leituras de livros de cabeceira

Teatro Oficina Uzyna Uzona

A última mesa da Flip 2011, tradicionalmente intitulada Livro de Cabeceira, será incorporada ao espetáculo Macumba antropófaga, do Teatro Oficina Uzyna Uzona. Será excepcionalmente realizada na tenda do telão.

Em um rito antropofágico, José Celso Martinez Corrêa e outros 22 atores interpretam o manifesto de Oswald de Andrade. Alguns autores da Flip serão convidados, na primeira metade do espetáculo, a ler trechos de seus livros preferidos.

Evento excepcionalmente realizado na Tenda do Telão
Não recomendado para menores de 18 anos
Cenas de nudez
Consumo de bebida alcoólica


English

  Realização
  Associação Casa Azul