flip
Edições anteriores
Temporada de sugestões

Com a intenção de organizar um número crescente de indicações recebidas para a elaboração da programação principal, a Flip reabre o seu canal de sugestões para 2016.

A Flip considera sugestões enviadas tanto pelo público em geral como pelos profissionais do mercado -- editores, agentes literários, escritores, jornalistas, livreiros etc.


Veja o procedimento para envio da sua sugestão:

1) Leia as perguntas e respostas frequentes (seguem abaixo) e tire todas as suas dúvidas antes de iniciar o preenchimento do formulário;

2) Certifique-se de que você tem uma seleção de material sobre o escritor – textos críticos, resenhas, entrevistas --, bem como um exemplar do livro sobre o autor sugerido para envio;

3) Preencha este formulário. Antes de submeter suas respostas, imprima o formulário, para que possa também enviar uma cópia com os exemplares dos livros, pelo correio.

4) Envie os materiais pelo correio: seleção de materiais sobre o autor, exemplar do livro e cópia impressa do formulário preenchido. A Flip não acusa recebimento de material; se precisar de uma confirmação, faça a remessa por correio registrado.

Caso tenha arquivos eletrônicos a enviar, por favor utilize o e-mail curadoria@flip.org.br.

Nosso endereço:

Associação Casa Azul
a/c Sugestões para Curadoria da FLIP 2016
Rua Capitão Antônio Rosa, 376, cj 101
01443-900
São Paulo - SP


______________________________________________________


Perguntas e respostas frequentes



P: Como posso sugerir que a Flip convide determinado autor?

R: Além dos convites que faz por sua própria iniciativa, a Flip ouve as sugestões feitas por escritores, editores, críticos, jornalistas e também pelo público em geral. Para que a sua sugestão seja considerada em profundidade pela curadoria da Flip, é preciso enviar uma seleção de material sobre o escritor – textos críticos, resenhas, entrevistas --, bem como alguns dos seus livros, publicados no Brasil ou não. Isto é: apenas apresentar uma ideia para um convite, ainda que acompanhada de links, resenhas na imprensa e outras informações, não configura uma sugestão completa. É fundamental o envio dos livros em tempo hábil, para que seja feita uma análise adequada.


P: Gostaria que determinado autor seja convidado, mas não tenho os contatos dele. Posso sugerir seu nome mesmo assim?

R: Sim, sem problemas. A curadoria da Flip tem meios de obter o contato de escritores, mesmo que não publicados no Brasil. Mas, se você puder enviar à curadoria o material literário (isto é, livros e arquivos eletrônicos), a análise será feita com mais profundidade.

P: Quando e como posso enviar minha sugestão?

R: A curadoria da Flip iniciou em outubro de 2015 o trabalho para a programação de 2016, que deverá fechar em meados de março. Ou seja: toda sugestão recebida até 15 de fevereiro tem alguma chance de entrar na programação. Evidentemente, quanto antes a sugestão chegar, maior será a probabilidade de que seja aproveitada. Sugestões de última hora até podem ser acolhidas, mas essa probabilidade é muito pequena.

Os exemplares dos livros devem ser enviados por correio para a Associação Casa Azul.

A Flip não acusa recebimento de material; se precisar de uma confirmação, faça a remessa por correio registrado. Os exemplares enviados não serão devolvidos; ao final do trabalho, serão doados pela Flip ou incorporados à Biblioteca da Casa Azul em Paraty.

Livros ainda não publicados podem ser enviados na forma de provas impressas ou em documento eletrônico (PDF, Word etc.), para o endereço abaixo e para o e-mail curadoria@flip.org.br.


P: A curadoria da Flip dá algum tipo de resposta sobre as sugestões que recebe?

R: A curadoria da Flip só se manifesta em casos positivos, isto é, não emite comentários, pareceres literários nem envia respostas negativas quanto às sugestões recebidas. Em princípio, até o fechamento da programação toda boa ideia eventualmente poderá ser aproveitada.


P: Sou produtor de um espetáculo cênico (teatro, dança, música) ou de uma exposição de arte e gostaria de sugerir a inclusão na programação oficial da Flip. Como devo proceder?

R: A Flip não tem orçamento para a realização de espetáculos cênicos nem para exposições além das que já integram tradicionalmente a programação oficial (show de abertura e exposição do autor homenageado). Propostas de espetáculos e exposições só serão analisadas caso tenham orçamento próprio, incluindo hospedagem, seguros de obras de arte e custos técnicos em Paraty. Se este é o seu caso, por favor envie detalhes da sua sugestão para o e-mail curadoria@flip.org.br.


P: Minha sugestão aparentemente não foi aproveitada. O autor que sugeri vai ficar de fora da Flip?

R: A Flip trabalha com um número limitado de convites para a programação principal, e deixar de convidar determinado autor sugerido não significa rejeição para futuras edições. Até mesmo na eventualidade de um cancelamento as sugestões recebidas poderão ser reconsideradas. Há ainda as outras programações da própria Flip (FlipMais, FlipZona, Flipinha) e as de parceiros em Paraty, cujos curadores dialogam com a curadoria da Flip, que encaminha a eles algumas das sugestões que recebe.


P: O cronograma do meu projeto editorial depende de uma resposta da Flip. É possível ter alguma sinalização sobre a possiblidade de a minha sugestão ser aceita?

R: A Flip não pode se responsabilizar pelos projetos editoriais de terceiros nem fornece respostas parciais sobre eventuais autores convidados.


P: O autor ou sua editora precisam pagar para que ele participe da Flip?

R: Não.


P: Se houver interesse da curadoria em convidar o autor sugerido, quais serão os passos seguintes?

R: Se a curadoria da Flip manifestar interesse em convidar o autor sugerido, o próximo passo será sondá-lo sobre a sua disponibilidade no período da Flip 2016 (29 de junho a 3 de julho). Se o autor não estiver disponível nesse período, ou se não houver nenhum tipo de resposta concreta por parte do autor ou de seu agente literário, o convite oficial, que traz mais detalhes sobre a viagem e a participação no festival, não será enviado. Caso haja disponibilidade de agenda e a resposta do autor mostre abertura para considerar o convite, o convite oficial será encaminhado pela curadoria da Flip, com um prazo para ser respondido.


P: A curadoria da Flip manifestou interesse por outro autor publicado pela minha editora, não pela minha sugestão para este ano. Por quê?

R: A curadoria da Flip é independente e, sem deixar de realizar uma ampla escuta, trabalha com seus próprios critérios. É fundamental a ajuda de editores, agentes literários e outros profissionais para encaminhar os convites, que podem vir tanto das sugestões como de iniciativas da própria curadoria.


P: Devo sinalizar ao autor que sugeri seu nome para a Flip?

R: Como preferir, mas recomendamos que não crie expectativas no autor. O fato de ter recebido a sugestão não deixa a curadoria da Flip na obrigação de enviar uma resposta, positiva ou negativa.


P: Produzi um projeto artístico ligado ao autor homenageado e gostaria de integrá-lo à homenagem que será feita na Flip. Como proceder?

R: Neste caso, você não precisa preencher o formulário nem seguir o procedimento padrão de sugestão de autor. Aqui, antes de mais nada, o projeto deve já estar formatado e com seus direitos autorais e de uso de imagem liberados. É necessário anexar cópia do termo oficial de liberação quando enviar, por email, os detalhes sobre o projeto artístico para curadoria@flip.org.br.



Compartilhe
Compartilhe no TwitterCompartilhe no Facebook Share on Google+
English    

  Realização
  Associação Casa Azul